sexta-feira, 22 de abril de 2011

Um Grito

AAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH


As vezes eu gostaria apenas de soltar um grito bem alto para o mundo, quem sabe alguem perceberia a minha existência, quem sabe me notariam, ou ate mesmo se perguntassem quem foi o estúpido, o idiota, o coitado, o fracassado, que deu esse grito.
As vezes eu gostaria de ser amado, eu posso estar rodeado de pessoas que dizem e provam me amar, mas parece que esse amor nunca e suficiente, que nunca me preenche do jeito que eu gostaria de ser preenchido, eu gostaria de saber o que significa esse sentimento que muitos dizem ter pela esposa, pelos filhos,e etc... Tudo o que eu sinto e o vazio dentro do meu coração ingênuo que acredita em tudo e em todos, que acredita nas promessas mais simples de amor, fidelidade, cumplicidade e companheirismo, esse coração que acredita que todos podem oferecer somente coisas boas, este que acredita que o mundo pode sim ser inocente de seus atos impensados, e que ao observar o mundo em que vive, se vê mais uma vez sozinho, triste.
Eu gostaria de dizer adeus ao mundo, adeus as pessoas que tentaram me amar, adeus a vida embora nada tenha me oferecido de bom gostaria apenas de não ter existido, de não ter sido mais um no meio dessa multidão, a tristeza que trago no peito doe, as lagrimas querem saltar e encontrar o chão frio, meu corpo quer se retorcer no canto de um quarto vazio e juntamente com meus olhos e meu triste coração chorar desesperadamente, por alguem pronto para me socorrer e me salvar
do nada, do ninguém que me tornei os anos passam os das acabam e onde estou o que sou? Não fazem diferença alguma.
Seguir em frente, não tenho motivos para continuar, mas motivos de sobra para interromper a viajem.



VandersonMT

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Arte = Vida


Odeio quando a vida imita a arte, vivo em um mundo no qual nunca tenho certeza de sua existência, ja vivi histórias que sempre tenho a convicção que se a mesma virasse um seriado de Tv ela faria muito sucesso, quando menos espero me deparo com a minha história sendo interpretada por alguem que nem desconfia estar vivendo a minha vida em cada detalhe, o engraçado por assim dizer e que essas histórias nunca terminam de um jeito favorável, foi assim diversas vezes, ja vi a minha vida diversas vezes mudar como se realmente fosse uma temporada nova de uma sitcom, vi pessoas amadurecerem como se muda o comportamento de um personagem, assisti lágrimas, vivi vidas, ja fui auxilio, socorro, amigo, irmão, conhecido, colega, coadjuvante, no momento vivo em um monólogo lutando para que alguém entre e me salve do nada que acabei me tornando deste horrível papel de protagonista, eu olho para o céu e as lágrimas querem saltar dos olhos, eu acho que esta na hora de pular de cabeça no papel da vida, sem medo do novo e estar disposto a me surpreender após virar cada esquina dessa longa caminhada, Não isso não e falta de AMOR, e sim o excesso de amor e medo, sempre tive medo de magoar as pessoas que amo e acabo fazendo o que elas querem afim de agradar a as tornar mais felizes a partir da minha vida, e fazendo isso com a consciência de que no final eu atuarei sozinho no show da Vida, e continuarei essa estrada sozinho sem ninguém ao meu lado que me diga que vale a pena continuar, pois eu nunca sei se fiz certo, se agradei, se tornei alguem mais feliz a partir da minha insignificante vida, passo os meus dias querendo ser lembrado por alguem e por algo de bom que eu tenha feito com a minha vida, afinal a vida e vívida apenas uma vez, e eu no final de tudo isso não poderei retornar a cena como se faz em um vídeo, ou refazer uma cena como se faz nos seriados de TV enquanto "gravam um episódio".
Será que vale a pena continuar? Eu realmente não sei, queria apenas sumir e ver se alguem sentiria a minha falta, as vezes o vazio que se faz dentro de mim cresce e mais uma vez estou sozinho sem ninguém para me levantar...

VandersonMT


Video relacionado;







terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Descaso?!

Pessoal, esses dias eu estava a caminho do trabalho como na maioria das vezes fechado em minha bolha particular com fone no ouvido, quando percebo uma mulher falando comigo, educadamente, eu tirei o fone e dei atenção, aquela mulher relatava o descaso da prefeitura de nossa cidade com o bairro pelo qual estávamos atravessando, uma obra interminável, uma rua cheia de buracos, mas eu tentando sempre ver o lado bom das coisas afinal temos que ser otimistas, pensei afinal estão implantando o básico neste bairro que e saneamento(alguns lugares nem conhecem isso), não que eu esteja defendendo a gestão de uma prefeita que eu nem conheço e posso dizer que nem votei nela afinal voto em outra cidade, mas acredito que como seres racionais temos que reconhecer as coisas boas que são feitas por mais pequenas que elas sejam, hoje este bairro pelo qual eu atravesso todos os dias esta recebendo saneamento básico, amanhã ele pode receber uma reforma na escola, na creche ou ate ganhar um espaço de cultura para incentivar as crianças, claro que também não podemos simplesmente fechar os olhos para o que acontece de errado, temos que ser ponderados, uma vez me foi ensinado que temos que ser simples como uma pomba porém e perspicaz como uma serpente que sabe a hora e o momento certo de agir, ano passado tivemos o momento de escolher os nosso representantes, agora e ficarmos de olho, estou tentando dizer que não adianta só reclamar e não agir, temos que parar de pensar que somos apenas um no meio de uma numerosa multidão, muito pelo contrário uma pessoa pode sim fazer a diferença seja ela ruim ou boa? Só depende de você para que a sua realidade mude, não espere um país lindo, perfeito e maravilhoso cair do céu porque não vai acontecer, também aprendi que para que o nosso mundo possa mudar temos que mudar primeiro, pequenas atitudes podem fazer uma grande diferença, Aos paulistas...Parem de jogar lixo nas ruas você estão pagando por ele a cada chuva, Aos cariocas parem de construir em morros, sei que é fácil falar afinal não estou passando por nenhum desses problemas, mas hoje eu faço a minha parte e não quero pagar pelos erros dos outros e você gosta de pagar por feitos de outras pessoas? Quem planta colhe e ultimamente nos só temos destruído a terra que poderia dar algum fruto o que será de nós amanhã, e o que será dessa mulher que estava reclamando, eu sinceramente não sei mas eu sei que se eu fizer a minha parte e você a sua as coisas podem sim mudar

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

FRIENDS

Ops! Alguem aqui se esqueceu de fazer alguns posts, mas enfim voltei, troquei de emprego não tenho mais o chefe citado acima aliás meu novo chefe e do tipo bonzinho, compreensivo e paciente, as festas de fim de ano foram boas, estive ao lado de pessoas que qualquer um que ler esse post gostaria de estar ao lado e conhecer cada uma delas como eu tive o prazer de conhecer.
E falando em pessoas interessantes venho falar do valor dos amigos, quando conhecemos alguém por acaso na fila do banco, supermercado ou ate mesmo no banco de uma igreja, nós não imaginamos o que pode vir pela frente se a gentileza de um simples cumprimento retribuído com ternura e atenção, o fato e que quando isso acontece nós acabamos se lançando as vezes 100 % e quando paramos e analisamos este novo "AMIGO" esta em nossas vidas a tão pouco tempo mas, tempo suficiente para que o amor e o companheirismo tenham se desenvolvido em um perfeito relacionamento que se chama AMIZADE, mas este relacionamento não envolve apenas amor e companheirismo mas, atenção, respeito, sinceridade, paciência, e as vezes uma boa dose de semancol, quando tudo isso se junta se formam os MELHORES AMIGOS, mas acabamos sempre nos surpreendemos quando começamos a conhecer cada tempero da amizade citado acima, quando vem o amor você logo quer retribuir o carinho recebido, quando vêm a atenção você percebe quando vão comer um lanche por exemplo e você fala. - O do meu amigo sem salsicha, por favor!, o respeito vem sempre acompanhando da sinceridade porque muitas vezes tomamos atitudes erradas então os amigos (só os verdadeiros) vêm e nos dizem que estamos errados expõem suas opiniões porém respeitam as nossas decisões, e a Paciência bom ela serve para esperarmos enquanto estes sentimentos e gestos não são retribuídos ou quando o seu amigo demora demais para se arrumar para aquele compromisso porque o importante mesmo e SER AMIGO em primeiro lugar e querer fazer alguém feliz através da sua vida.
E a todos que tem um amigo que esteja ele perto ou longe dedico este vídeo que recebi de uma amiga.





quinta-feira, 18 de novembro de 2010

...Piadas Pessoais No Feriado...

Sabe aquela semana antes do feriado que você trabalha, trabalha, trabalha e a semana parece não passar, você até já tem planos para o fim de semana prolongado, está tudo certo e combinado, então nesta semana acontece a chamada lei de murphy em sua vida, tudo da errado, no cursinho, faculdade e etc, os professores passam aquele trabalho “importante”, em casa pode calhar até de um parente morrer e no seu emprego, ah sim no emprego, ali a lei de murphy pega pesado, o chefe começa a parecer um louco, o colega de serviço parece estar em outro mundo, você derrepente se vê perdido no meio da multidão. Acalmem – se aconteceu comigo, semana passada eu fui convidado para o noivado de um casal de amigos, até então tudo certo era só pegar o ônibus na rodoviária e ir, mas enfim, na quinta – feira começou o tormento, no trabalho foi pressão o dia inteiro, uma coisa de louco, a noite no curso, foi aquele debate sobre o tema do trabalho, e o pior vêm uma colega de classe e discorda da minha opinião como se eu não fosse nada, e não têm argumentos para me contrariar, uma outra colega entra no meio e com uma simples frase do texto, me quebra, e todas as minhas idéias e sugestões afundam como o titanic a tantos e tantos anos atrás, o professor não muito feliz entra no meio e começa a dar força para a classe que até então estavam só de ouvidos afinal a desgraça alheia e muito engraçada, pronto a quinta – feria acabou, sexta até que foi tranqüilo, mas no sábado poucas horas antes de tudo ficar para trás e aquele glorioso e merecido fim de semana prolongado se tornar real em minha vida, começa a chover, chego em casa recebo a notícia de uma parente que mora a mais de 932,06 milhas da minha casa faleceu, o técnico da internet aparece e eu não estava em casa para explicar o caso, mas a trancos e barrancos eu consegui sair de casa ainda com a esperança que tudo daria certo afinal, me esforcei a semana inteira para sobreviver e viver o tão merecido prêmio, chegando em meu destino tudo foi alegria o noivado mais lindo impossível, os noivos choraram, os familiares se reuniram os amigos perto e felizes o noivo romântico como sempre surpreendeu a noiva com um buquê de rosas, ou seja, tudo parecia ter acabo bem afinal na terça – feira eu faltei no emprego pensando que estava me dando muitíssimo bem, porém, na quarta quando eu apareci o chefe me tratou bem, com aquele sorrisinho cínico dele, e simplesmente falou que a “coisa” estava feia, quando eu entro na empresa, eu me deparo com todos os pedidos de compras feitos a base de pressão na semana anterior juntos me esperando para conferir e guardá-los, ou seja, voltei a minha realidade sem esperança porque o próximo feriado estava muito mas muito longe, e agora estou aqui perdido como sempre no meio dessa multidão torcendo para o meu chefe e o meu professor não me enxergarem por pelo menos um dia e claro torcendo para o sinal da internet ficar instável, afinal eu não sou de ferro.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

...Piadas Pessoais No Trabalho...

Um dia desses, no meu ambiente de trabalho eu estava meio perdido, afinal emprego novo novamente, como em todo lugar em que você jovem começa a trabalhar você tem aquela sede de mostrar serviço, se mostra interessado nos casos que a empresa apresenta com o dia a dia ou seja se você pudesse levaria trabalho para a sua casa e adiantaria tudo para se mostrar eficiente e eficaz, então você começa a trabalhar duro, o chefe vê a sua "disposição" e começa a te dar tarefas, que até então você Jovem nunca ouviu ou viu na vida se pergunta se e de comer ou beber, tudo isso é claro em sua cabeça, mas o seu rosto se mostra interessado ao contrário do seu raciocínio que queria fugir ou quem sabe sair gritando, e você podendo dizer não simplesmente fala;
- Sim, eu posso fazer....
Ai ferrou tudo, além de você falar que pode fazer, começa aquelas dúvidas crueis, como eu faço? O que significa isso? De onde veio isso? Quem foi que inventou isso? O chefe depois de meia hora pergunta se o que ele pediu esta pronto, você retribui com uma resposta meio insegura, de esta quase pronta... uhummm sei você nem começou pois não entendeu o que realmente era para ser feito, quando tudo esta perdido, você pensa.
- Agora sim, eu perdi o meu emprego, vou levar uma bronca daquelas, tô frito. Entre outros pensamentos que vem a tona, mas você é um jovem disposto a encarar os problemas e sabe que até pode lavar uma bronca, e decide ir ate o chefe e perguntar se o que você "fez"(quase nada) está de acordo, mas há vários tipos de chefes, o meu por exemplo, faz uma cara do tipo quando se fala que pessoa é uma incompetente, mas ah chefes distintos no mercado de trabalho, mas hoje pelo menos não falaremos deles, o que realmente importa e que nós os Jovens do hoje que muitas vezes pode nos faltar experiência na vivência do trabalho e um relacionamento correto com seu chefe, podemos fazer que seja realmente correto afinal nas escolas, faculdades e outras instituições de ensino você aprende a simplesmente desenvolver uma profissão, desculpem-me caso eu seja neste momento ignorante mas acho que deveríamos ter algo relacionado a isso como por exemplo um treinamento para a vida, porque a vida sim essa é uma caixinha de surpresa....
VandersonMT